sábado, 31 de março de 2012

Tentações...

Não resistimos e o casaco peludo com orelhas que namorámos há duas semanas veio hoje para casa para que tu o possas vestir e estar quente. Comprámos ainda os primeiros babetes para que não te sujes na hora da papa.

De surpresa uma amiga dos pais - a A. - trouxe-te uma chuchinha e respectiva caixinha para a guardar.




Aos poucos a tua primeira caixinha de roupa e pertences vai enchendo assim como o nosso coração de amor por ti.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Filho/a, hoje vi-te!

Foi a nossa primeira consulta!

E vimos-te. 4,5mm, bem posicionado/a, tudo o.K. para o tempo em que estamos. Depois dos conselhos do Dr. J.C., de tratar das credenciais das análises que vamos fazer e tirar todas as dúvidas marcou-se nova consulta oficial para dia 14 de Maio na Maternidade de Évora às 8h da manhã para a eco das 12 semanas. Porém o Dr. diz que assim que tivermos o resultado das análises para lhe telefonarmos e encaixar-me ao fim do dia na sua agenda para termos oportunidade de te ver antes das 12 semanas. Já tenho saudades tuas!

(És aquela coisinha ali pequenina dentro da zona escura)


Data prevista para que nasças: 24 de Novembro. Como diz o Dr. J.C. "Tempo de muito friooooo!" Mas tu não vais ter frio algum pois que hoje recebeste mais um presente de uma "tia" que a mamã conheceu nestas andanças dos blogs. A Sarinha do Blog As Minhas 1001 Ideias, que teve há 3 semanas o seu lindo Martim, com todo o amor enviou-te este lindo gorrinho de presente, vales de desconto em alguns produtos os quais fazem falta à mamã cá em casa, amostras de produtinhos da Mustela e um simpático bilhete :) Soube imensamente bem chegar a casa depois de te ter visto, estar tudo bem e ter este presente à nossa espera! Obrigada Sarinha e um beijinho de felicidade para ti e para o teu Martim.




No supermercado passei pela secção dos livros e vi este Livro da Gravidez e do Bebé, como também tive direito a um parecido enquanto bebé claro que decidimos comprá-lo para ir escrevendo tudo a par com este blogue. Na foto está também a tua eco e o Boletim de Saúde da Grávida que me foi dado na consulta.





Já comprei uma das muitas caixas onde guardarei as tuas roupinhas, brinquedos e miminhos. Quando a vejo, levito de amor!





terça-feira, 27 de março de 2012

Ora vê lá o que chegou hoje :)

Filha/o, aquele ninho/macacão que te encomendei chegou hoje e com ele um lindo comboio de madeira para brincares - e nos mandares à testa enquanto te ris.

Estou ansiosa de to ver vestido no próximo inverno :)







A mamã também recebeu uma prendinha muito boa. Uns belos enjoos para acabar o dia.


Amo-te tanto! 




sábado, 24 de março de 2012

O que o futuro nos trará quanto à tua educação...

Por vezes começo a pensar na forma como te vamos educar. 

Espero que consigamos o excelente trabalho que tanto os teus avós maternos fizeram comigo como os teus avós paternos fizeram com o teu pai.

Não é para nos gabar mas acho que somos pessoas educadas, respeitadoras e responsáveis apesar de todas as adversidades que a vida nos trouxe quando éramos meros garotos.

O teu pai perdeu os pais - teus avós - muito cedo e os meus divorciaram-se ainda eu era uma adolescente. Cedo tocámos as nossas vidas para a frente e tivemos que nos virar. Revoltámo-nos algumas vezes mas nunca virámos costas a um problema.

Não somos pessoas de ir à Igreja, temos as nossas crenças e fé - e tu escolherás aquilo em que acreditas - porém acho que se te regeres por alguns dos 10 mandamentos a tua vida seguirá uma linha recta que te trará segurança. Alterando-os um pouco à nossa maneira conseguirás viver pacificamente.

Podes honrar-te a ti mesmo pois com isso já nos estarás a honrar a nós como teus pais;

Não matarás, claro que não, pois não somos ninguém para tirar a vida a outro semelhante;

Não roubarás porque irás conseguir as coisas com o teu suor e podes crer que te saberá bem melhor e nós faremos tudo para que nada te falte de mais importante quanto a comida e amor;

Não darás falso testemunho, pois nos dias que correm poucas são as pessoas que têm uma palavra em que possamos confiar e eu quero que sejas uma pessoa de palavra, sincera e convicta! 

Não precisas de desejar o que é do próximo, pois tu terás para viver o que é necessário para tal e se queres algo com muita força, faz por isso! Luta! 

Quanto ao adultério, deixo ao teu critério... Mas se fores homem/mulher de palavra, sincero/a e convicto/a como te disse anteriormente, não precisarás de o fazer :)

Por isso tenho perfeita noção que temos capacidade de te educar equilibradamente e de forma a que interiorizes o que achamos ser o correcto. No entanto queremos-te livre no pensamento, responsável pelos teus actos e feliz com as tuas escolhas.

Filho/a, quero-te bem :)




(Imagem da web)






quarta-feira, 21 de março de 2012

Como estamos quase às 5 semanas...


Já trabalhámos muito para chegar aqui... E ainda nem do tamanho de um feijãozinho és e já me dás imensas dores de cabeça... Raça do/a miúdo/a!


Semana 2



Semana 3



Semana 4



Semana 5



(Imagens do Site  http://familia.sapo.pt)



Não tenho sono durante a noite, em compensação tenho-o no trabalho a tarde toda e o tempo em que não penso em dormir, passo-o na casa de banho a fazer chi-chi. Não me dás descanso. Nem me atrevo a beber café! Tenho tentado manter uma boa alimentação por ti mas confesso que as batatas fritas continuam a fazer-me cometer imensos pecados. 

Nunca tive muito peito mas agora sei que vou fazer inveja a muita mamalhuda desta terra! Oh se vou!!!! No entanto tenho posto creme nas nossas mamocas e barriga para ser uma mamã ainda jeitosa daqui a uns anos. O pai gosta de mim como sou mas eu gosto de mim sem estrias e pelinhas penduradas. Muito creme e sou um bolinho da feira, muito oleoso! 

O pai não tem tido tempo para te escrever mas ele anda cheio de trabalho e cansadinho. Porém fala contigo todos os dias e até te manda SMS de manhã eh eh eh 

Hoje já pensei como vamos mudar o quarto para te juntares a nós. Temos de pintar tudo e colocar o teu berço numa posição em que nos seja fácil chegar a ti facilmente durante a noite sem que tenhamos que partir uma perna com o sono. Estou desejosa de te ter aqui connosco!

E ainda faltam 35 semanas e 3 dias...

Carta da Avó

A tua avó L. sempre gostou muito de escrever. E hoje, pela primeira vez, escreveu-te. Porque este cantinho é teu, inspirado em ti, deixo-te as suas palavras:

BEBÉ


Eva ou……

Se és menina já tens nome, mas se és um menino ainda está no segredo dos Deuses que são os Teus Pais…..

Bom, mas vamos lá….

Sejas menino ou menina, vou chamar-te de Bébé….

Hoje estive a ver-te, ainda és muito pequenino, quase um pontinho, tens 0,5 cm…não interessa, porque vais crescer, mas uma coisa é certa estás quentinho, bem aconchegado na barriguita da tua Mãe que ainda não a consegues ver, mas eu digo-te como ela é….

É muito bonita, mais conhecida pela Noka ou pela Picocha ou ainda Pocahontas…tu vais ver porque lhes chamamos todos estes nomes, quando a conheceres….Vai ficar por esclarecer a Picocha, mas eu prometo explicar-te mais tarde…..

Para além de ser muito bonita, é muito responsável e vais confirmar aquilo que agora estou a escrever…vai estar sempre atenta aos teus gestos….vai ser uma boa educadora, mas acima de tudo eu sei e tu vais sentir, vai dar-te muito amor.

Por agora o que interessa é que Ela se preparou para te conceber e está a preparar-se para te ter….sabes que até deixou de fumar e há muito para que tu viesses ao Mundo sem intoxicação e mais foi viver para o Alentejo, terra do teu Pai e dos teus Avós Paternos…de toda a tua Familia Paterna (mas esta fica para outro escrito), para que pudesses viver com tranquilidade, paz e segurança….

Bom, não te maço mais porque já sei que queres dormir….desejo-te uma noite muito feliz na barriguinha da Mãe e amanhã ou depois prometo aqui voltar…

Bjs da Avó L.

terça-feira, 20 de março de 2012

Questões por resolver...

Sempre disse que a tua família tem o direito de te acompanhar e a tua avó não é excepção pelo que ontem enviei-lhe um e-mail dizendo que estavas a caminho das nossas vidas. Ficou feliz e quis-te bem, claro.

Decidimos colocar uma pedra sobre as nossas quezílias e seguir em frente por ti. 

Sinto-me aliviada. Preciso de descanso nesta fase. Preciso de apoio e que me digam que tudo vai correr bem, preciso, acima de tudo, de saber que estás bem. 

Aguardo pela nossa primeira consulta de dia 30. Faltam ainda 10 longos dias e a esta ansiedade não ajuda em nada. Quero saber que estás bem, que estas semanas em que cresces dentro de mim passam tranquilamente.

Ontem, pela primeira vez, chorei. Do nada o dique rebentou e chorei. Motivo? Tudo e nada. Aliás acho que não há qualquer motivo pois estou na fase mais feliz da minha vida, tenho o teu pai a meu lado, somos um casal feliz e amigo e do nosso amor estás tu a crescer dentro de mim. Por isso não há qualquer motivo. Culpo o turbilhão de emoções que sinto e o facto de ansiar por te ver :)

Filha/o, tão pequenina/o e já me dás dores de cabeça?!

O teu ninho...

Filha/o, continuo sem resistir e comprámos-te este ninho para quando saires em dias frios do teu primeiro Inverno.

Quero-te quentinha/o e que não te constipes :)

Cada dia te amo mais!




Imagem da Vertbauder




domingo, 18 de março de 2012

Tentamos aperfeiçoar o mundo por ti...

Têm sido dias de muitas emoções contraditórias se por um lado estamos imensamente felizes porque és fruto do nosso amor, por outro estamos cheios de medo sem saber se estaremos aptos a realizar tudo o que precisarás para ser feliz.  Sorrimos quando vemos as tuas roupinhas mas são tão pequeninas que temos receio de te quebrar dentro delas. Olho para a minha barriga da qual tenho orgulho, que me dá imenso comichão, ponho-lhe creme - a tua massagem como lhe chamo - e tenho medo que o meu corpo, este invólucro que te mantém seguro/a, possa falhar. Sei que não posso pensar assim mas seria irresponsável se não o fizesse. Enquanto aguardas estas 36 semanas, cá fora movemos mundos e fundos para preparar a tua chegada à realidade da vida, batalhamos pelo melhor para ti e para nós, mostramos dentes e rosnamos como os animais para proteger as suas crias e assim será até ao dia em que tu ficarás por tua conta e risco pois já terás capacidade para liderar.

Temos medo, filha/o. Muito mesmo. Mas sei que valerá a pena. Temos as certeza que estamos a fazer o correcto e tens direito de provar tudo o que a vida te poderá reservar. Observar a imensidão do espaço que te fará sonhar mais além e a profundidade do mar que te trará os melhores pensamentos e direcções que aches que deves tomar. Sentir aumentar o fogo da tua alma que te irá aquecer em dias menos bons e nos quais te sintas só. Poderes sujar os teus pés de terra enquanto corres e sentes a liberdade apoderar-se de ti e do teu espírito. Viver é tudo isto e muito mais. Viver é encher os pulmões de ar e parecer que vamos rebentar de felicidade. Ver algo que nos enche o coração e deixar os olhos exprimirem isso. Espreguiçar e sentires-te maior dentro de ti. Cantar sem medo que te ouçam ou te achem tolo/a. Rir com vontade porque te  faz bem e verás que poucas pessoas se riem com vontade e são essas as mais felizes. Bate palmas, mesmo que sejas a/o única/o, quando vires um grande feito de alguém porque essa pessoa se sentirá capaz de seguir em frente e fazer melhor ainda. Chora, filha/o, chora quando tiveres vontade. Inunda o teu coração porque ele bombeia a água para fora e fica limpo novamente. É sinal de nobreza de sentimentos e tu és nobre! Grita quando a tua dor for difícil de suportar e deixa que todos te ouçam pois alguém virá em teu auxilio mesmo aquela pessoa que não conheces. Grita quando o amor sair por todos os poros do teu corpo e abraça a pessoa que mais ames e estiver perto de ti. Somos feitos disto e este é um esboço mínimo do que é ser feliz. Cabe-te terminar o desenho...

sábado, 17 de março de 2012

As tuas primeiras roupinhas

Filha/o, sei que vais herdar muita coisa dos teus primos pois é assim que as coisas por aqui se processam e assim poupamos dinheiro e reciclamos. No entanto hoje tivemos de te comprar as tuas primeiras roupinhas pois mereces tudo o que te possamos dar :)

Não resistimos e trouxemos um amigo fofinho que esperará por ti pacientemente durante estas 36 semanas que faltam :)






quinta-feira, 15 de março de 2012

Aqui estás tu a dar sinais que existes!

Filho/a neste momento soube que estás aqui quentinho/a dentro da minha barriga...


Podia dizer mil e uma coisas mas só uma me vem à cabeça:


Que te amo muito a ti e ao teu pai :)



segunda-feira, 12 de março de 2012

A tua Família do lado da mãe

Filha/o, hoje e muito resumidamente, conto-te sobre a família que te espera.

Do lado da mãe não somos muitos. Quer dizer, somos mas as coisas nem sempre são como supostamente deveriam ser e daí só podermos contar com alguns.

A bisavó N. que já conta com 80 anos neste momento e que é a única avó que tenho viva.A avó N. e o avô A. criaram-me desde que nasci, infelizmente o avô A. - teu bisavô - já não está entre nós. Sei bem o quanto te iria amar e ficar feliz contigo no entanto sei que onde ele está faz figas para que venhas ao nosso encontro.
A avó N. diz imensas asneiras e desculpa-se que esteve muitos anos a viver no Porto - 2, apenas - mas é isso mesmo que lhe dá graça. É a pessoa mais prestável que conheço mas com a idade também acha que tem direito de mandar em tudo e todos e nós aceitamos isso, claro. Enquanto cá estiver nos anos que lhe estão reservados o nosso mundo pertence-lhe. É pequenina mas rápida, gorducha e alegre, vaidosa e cheirosa. Vestiu as suas primeiras calças de ganga 5 anos depois de estar viúva. Nesse dia chorou. Vai a excursões e dança imenso. Já lhe disse para arranjar um namorado mas ela diz que não quer. Se a avó for ainda viva nos anos em que já percebas algumas coisas, entenderás que ela sabe de coisas que tu pensas que mais ninguém sabe ainda antes de as pensares e muitas vezes aliado aos facto de ela exagerar nas histórias que conta e daí todos se rirem. A bisavó N. é muito, muito mas muito especial! Tenho imensas histórias dela e do avô A. para te contar e te orgulhares de pertenceres a nós.

Tens o avô J.F. e caso sejas rapaz és capaz de herdar o nome dele e do teu avô paterno visto serem iguais - ainda não sabemos. O avô é um ser espectacular e será, sem duvida, um dos teus melhores amigos e companheiro de brincadeiras. O avô é muito brincalhão mas muito sensível e verdadeiro. Amo-o muito e o pai adora-o! Ainda é novo pois foi meu pai com 25 anos - quase a idade que tenho de momento - e daí ainda conseguir subir a árvores e procurar ninhos de pássaros. O avô está divorciado da avó vai para 8 anos. Não foi bonito de se ver e tanto tempo volvido ainda não se falam. No fundo ainda se amam à sua maneira mas as coisas são tão difíceis de explicar que aos poucos e quando fores mais velha/o pode ser que as entendas melhor que eu e quiçá os possas unir, não como homem e mulher, mas como teus avós. O avô tem uma companheira a A. e a A. gosta dele e trata-o bem e é disso que ele precisa. Poderás ouvir desaforos da mãe em relação a isso mas lembra-te sempre que a A. trata bem o avô J. F. e isso é o mais importante. Fazes o favor de relembrar a mãe disso de vez em quando...

A avó L. gostava que tivesses o nome dela caso sejas rapariga mas estamos indecisos entre Letícia e Eva. A avó L. é o ser mais complexo da tua família, tão complexo que no momento em que te escrevo ela está de relações cortadas com a mãe por um motivo digamos que... parvo! Como sempre a mãe deixa as coisas andarem mas toda esta ansiedade de te querer e não ter a avó L. para me apoiar arrasa-me. E porque não falas com ela, mãe, perguntarás tu? Como diz o anúncio, poder, podia mas não era a mesma coisa ou já não seria a mesma coisa. A mãe está cansada de lutar pela a avó L. e só com muita paciência do teu pai e o seu suporte consegue lidar com estes sentimentos. A avó L. quer que a aceitem como é mas não aceita aquilo que os outros são. Independentemente de tudo o que possa dizer dela é minha mãe e amo-a como tal. Se estiver doente ou triste correrei ao encontro dela para a apoiar mas cansei-me de a embalar. Agora colinho só para ti, filha/o.

A tia P. é a irmã da mãe. É filha da avó L. mas não é filha do avô J. F. contudo é como se fosse apesar de estarem anos sem se verem. Antes nada disto funcionava assim e acredita que custou imenso à mãe de um momento para o outro perder os almoços de família ao domingo em que todos nos reuniamos e nos divertiamos com histórias.
A tia P. tem mais 12 anos que a mãe e tomou conta de mim como uma mãe quando a nossa não estava perto. Apoiou-me imenso quando precisei e não o esquecerei o quanto me fez lutar. Se ela conseguiu eu também conseguiria, pensava. E consegui! A tia é uma pessoa que parece ser muito forte mas há um segredo, ela tem é uma armadura. Acredito que, tal como eu, sofre por a nossa mãe não ser a pessoa presente que precisávamos. Presente de forma positiva não imposta por ela mesma. Adiante...

A tia P. é casada com o tio A. há muitos anos e têm uma filha, tua prima e minha sobrinha, a A.C. com 15 anos. A A. é um às no basquete! É uma miúda sensível mas forte, inteligente e perspicaz. Tenho orgulho nela e apesar de sermos tia-sobrinha, creio que a nossa relação em tempos baseou-se mais em irmãs pela proximidade de idades. Desejo para ela tudo o que te desejo, filho/a. Que a vida lhe seja dada com intensidade e saboreada com uma ilimitada conta de sabores de todos os tipos de forma a que possa escolher os que mais a podem saciar.

Uma coisa engraçada nisto tudo, a avó L. teve a tia P. com 18 anos praticamente, mais tarde casou-se com o avô J.F. que tinha menos 5 anos que ela e apenas uns 13/14 de diferença da tia P.. A tia P. foi mãe da A.C. com 21 tinha a mãe 8/9, fui portanto tia com essa idade e os avós L. e J.F. com 39 e 34 respectivamente. A tia P. tem do lado do pai mais 2 irmãos, um com a idade da mãe mais ou menos e outro mais novo que a A.C. portanto a A.C. tem um tio mais novo que ela. O avô J.F. tem mais 16 anos que a A. pelo que a A. e a mãe têm apenas 9 anos de diferença. A tia P. é mais velha que a companheira A. do avô J.F. que acha que as mulheres devem ser novas. Quando o teu pai nasceu o avô J.F. tinha 17 anos.

Tenho tanto para te contar...


Quanto à família do lado do teu pai será ele a tomar as rédeas :)

sexta-feira, 2 de março de 2012

O Outro Lado da Moeda

Como não podia faltar para apareceres é sempre necessário os dois lados da moeda.

A "Cara"- (a chata que fala, fala, ralha, ralha, etc... mas lá no fundo é porreira);

O "Coroa" que sou eu, o velho careca, que diz tanta "baboseira" que parece um puto da tua idade. (ou vossa idade, caso sejam mais que um, hehehe).

Estas linhas são só para me apresentar.

Já está.

Volto outro dia.