terça-feira, 20 de março de 2012

Questões por resolver...

Sempre disse que a tua família tem o direito de te acompanhar e a tua avó não é excepção pelo que ontem enviei-lhe um e-mail dizendo que estavas a caminho das nossas vidas. Ficou feliz e quis-te bem, claro.

Decidimos colocar uma pedra sobre as nossas quezílias e seguir em frente por ti. 

Sinto-me aliviada. Preciso de descanso nesta fase. Preciso de apoio e que me digam que tudo vai correr bem, preciso, acima de tudo, de saber que estás bem. 

Aguardo pela nossa primeira consulta de dia 30. Faltam ainda 10 longos dias e a esta ansiedade não ajuda em nada. Quero saber que estás bem, que estas semanas em que cresces dentro de mim passam tranquilamente.

Ontem, pela primeira vez, chorei. Do nada o dique rebentou e chorei. Motivo? Tudo e nada. Aliás acho que não há qualquer motivo pois estou na fase mais feliz da minha vida, tenho o teu pai a meu lado, somos um casal feliz e amigo e do nosso amor estás tu a crescer dentro de mim. Por isso não há qualquer motivo. Culpo o turbilhão de emoções que sinto e o facto de ansiar por te ver :)

Filha/o, tão pequenina/o e já me dás dores de cabeça?!

Sem comentários: