quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Saudades... E outros sentimentos que não controlamos!

Acho que todas as mães passam por isso.

Querer que vocês durmam mais um bocadinho para elas descansarem mas quando dormem mais do que o esperado andamos louquinhas para que acordem. São saudades!

Chegas a dormir aqui perto de mim, eu posso ver-te e tocar-te até mas tenho saudades de te pegar, beijar, de te ver sorrir, de sentir o teu cheirinho mesmo encostadinha a mim. Mas não te acordo. Estás a crescer!

Já nada faria sentido sem ti aqui connosco. E por vezes, numa de masoquismo inconsciente, dou comigo a pensar no que faria se alguém te fizesse mal, se algo te acontecesse e até tremo, ranjo os dentes, fico com tiques oculares. Tenho de me sacudir, toda eu, para tirar esses pensamentos da cabeça e voltar à feliz realidade da tua existência nas nossas vidas, no nosso ninho. Tenho de me capacitar que apesar de tudo o mundo ainda nos pode surpreender pela positiva e ter, efectivamente, um local pacífico onde te possamos criar.

Por vezes acho que não merecia tanto e que toda esta felicidade um dia me é tirada por ser de mais para um coração só, que nesta vida ninguém pode ser tão feliz assim como sou, que as coisas têm de ser racionadas. Mas recordo-me que tanta gente ruim neste mundo tem tudo o que quer, é feliz e sai impune, porque haveria eu de sofrer alguma perda se sigo o meu caminho sem melindrar, usurpar, atacar quem quer que seja? Porque não sou merecedora de tal quantidade de sentimentos que afloram o coração? Porque não poderei eu ser feliz contigo e com o teu pai? Mereço sim!

Passamos dias, meses, anos em busca da "felicidade" e não vemos que esta se encontra mesmo à nossa frente. No sorriso dos filhos, no abraço do marido, na força que a nossa família nos traz quando o dia corre mal e precisamos de colo. Por termos saúde e estarmos unidos. Pelos amigos. Pelos nossos bichos. Porque sentimos! Porque simplesmente somos providos de sentidos que nos guiam para a luz.

Passamos dias, meses, anos em busca da "perfeição". Muitas vezes não seguindo o coração. Muitas vezes cheios do que os outros disseram e que nós acabámos por adquirir como a nossa verdade. Repletos de teorias, limitações, esquemas para alcançar a perfeição sem nunca alcançar nada. Esta encontra-se em tudo ao nosso redor que construímos. No infringir regras de manuais. No que temos de bom para dar. No que nos envolve. A perfeição é tudo o que somos e podemos dar ao próximo. O amor que teima em encher o peito! O ar que inspiramos e nos alimenta os sentidos. 

Como tal, abro os olhos, sorrio e assim que acordas dou-te colo. Dou-te todo o colo, carinho, sorrisos, abraços, beijinhos que quiseres. Agora e sempre. Porque faz bem, aconchega, protege. Não ganhas manhas por isso. Sempre que queiras a mamã dá mimo, disso não tenhas dúvidas! Porque com ele mato saudades de ti e afasto todos os pensamentos nefastos do mundo onde acordaste! Porque somos ainda mais felizes. Porque tu sorris e eu também. Porque é bom e isso chega!


Chambao - Ahí Estas Tu










quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Destronaste o "Blhé"!

Há dias que o "Blhé" desapareceu...

Não sei o que lhe fizeste mas apareceu entretanto o "Gulhé"! Mas foi sol de pouca dura porque deu lugar ao "Gulhi"!

Agora, quando te deitamos e vamos até à sala tentar ter o que pensamos ser uma réstia da vida de irresponsáveis papadores de séries que tínhamos, ouvimos bem alto:

- GULHI, GULHI, GULHI!!!!!!!!!!




Oh e rimo-nos!




Já dissemos que te amamos muito?

É que é tão grande o sentimento!





terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Estereótipos - Parte II

Hoje novo passeio ao solinho, tu vestida de branco - sim filha, eu sei... roupa branca em Janeiro ou és maluca ou não tens dinheiro mas pronto eu gosto de te ver de branco!... 

Montes de senhoras chegam perto do teu carrinho.

- Ahhhh que lindo menino!!! - diz uma.

- É uma...

- Oh Maria não vês que é uma menina! - interrompe-me outra.  É a Eva!!! Olá Eva!

- Ahhh e de onde é que esta menina vem???

(Querem saber a que família pertence)

- Da barriga da mãe! 






Uma mãe atrapalhada...

Vale mais meter-se no trotil! Ao menos as coisas que faz têm uma razão de ser...

Ida ao multibanco. Lá fomos a pé porque de carro ganhei receio e depois o põe ovo, tira ovo, põe ovo, tira ovo é demais para a minha cabeça!

Aqui o multibanco é dentro do banco e a porta parece aquela pequenina da loja Imaginarium daí que entrar eu (que ainda estou gorda que nem uma lontra), tu e o carrinho, mais a carrada de malas que levamos com as tuas tralhas e as minhas (que no fundo são mais que as tuas) é o caos. Pelo que ficaste ali entre a porta a apanhar solinho - um pé meu em cima da roda do carrinho para te ir abanando pois só de cu tremido é que estás bem - enquanto eu tratava dos pagamentos. Nisto lembro-me que tinha ainda uma carta dentro da mala mas que a mala está do outro lado do carrinho, tentei esticar-me mas não cheguei. Vá de puxar o carro, malas e malinhas. Tudo entalado na porta. Puxa novamente. Torce daqui. Torce dali e a coisa dá-se! De repente ouço um barulho assim conhecido. De um cartão a ser inserido na máquina. Olho rapidamente para o ecrã do multibanco e este está vermelho. Uma mensagem: 


*Tempo excedido. Para sua segurança, o seu cartão foi retido.*


-  QUAL SEGURANÇA, PAH?????????????????????? 'TOU NO MEIO DE UMA ALDEIA NO CU DE JUDAS, NÃO SE PASSA AQUI NADA!!!!!!!!! DÁ CÁ ISSO!!!!!!!! COSPE-TE!!!!!!!!!!!!!!!!!! F***-**!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! #$%&!!!!!! #&%$!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mas o fulano não cuspiu!

Tento entrar para a zona dos balcões para falar com o bancário. Novamente entalada. Puxa. Volta a puxar. Torce daqui. Torce dali. Carrega no botão mas a porta só abre se a outra fechar e ela não fecha. Vendo a minha atrapalhação toda o senhor abre a porta.

Lá lhe expliquei que o cartão tinha sido engolido porque tinha excedido o tempo enquanto eu procurava uma carta na mala e precisava dele, patati, patatá! 

- Ah tem de entrar em contacto com o seu banco para nos enviar um fax dando autorização para que lhe possamos entregar o cartão!

(Really?!)

- Mas o senhor viu!!! Foi agora mesmo!!!

- São as normas...

- Ok. Vou tratar disso então.

Tento sair do banco. Torce daqui. Torce dali. Puxa. Puxa. Puxaaaaaaaaaaaa...

Na rua telefono ao meu banco, que depois de tudo explicado trata de enviar o fax à concorrência. No meio disto aproveitam para me dar uma descasca que a minha conta ainda é de menor e preciso de alterar isso, que tenho de lá ir pessoalmente àquela sucursal (sim e vou fazer 250km para mudar de conta...) pois que com 25 anos é uma vergonha ter uma conta assim (isto acrescentei eu).

- Com certeza. Fique descansado assim o farei. (Mal tu sabes que já ando a dizer isto desde os 18 anos).

Volto novamente ao outro banco. Torce daqui. Torce dali. Puxa. Puxa. Puxaaaaaaaaaaa... Entalada. Desisto e bato no vidro. O senhor faz gesto com a cabeça como quem diz "Que queres?" e eu lá gesticulei para abrir a porta. 

- O meu banco vai já enviar-lhe o fax! - disse-lhe com uma certa esperança na voz.

- Muito bem! (como se diz a um tolinho que encaixou a peça no respectivo buraco)

E eu feita parva à espera de mais qualquer palavrinha que ele decidisse dizer. Mas não disse. Rendi-me.

- Venho cá amanhã, não é? 

- Sim. Das 13 às 14 estamos encerrados não se esqueça.

- Correcto. (E afirmativo)

Rodo nos calcanhares. Torce daqui. Torce dali. Puxa. Puxa. Puxaaaaaaa....







segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Estereótipos!

Levar-te a passear, com uma roupa que não seja cor-de-rosa e dizerem logo de caras sem perguntar o género:

- Que belo rapazão!!!

- É uma menina! :)

- Ahhhh como estava de creme/azul/verde/roxo/amarelo/às bolinhas...

- Mas é uma menina!

- Então e quanto pesa? (não sei o que interessa às pessoas...)

- XXXX g 

- Tão gordinhO!!!

- Gordinha! É uma menina!

- Pois... E é só maminha? (apetece dizer que não, que já come bitoques)

- Agora é!

- Que bom! Deus a ajude a criá-lO! (é Deus e o Passos Coelho!)

- É uma... Ok obrigada!




sábado, 26 de janeiro de 2013

Salas de Amamentação



Uma das coisas fantásticas que reparei no centro comercial El Faro em Badajoz foram as salas de amamentação (salas de lactancia). Achei formidável!

Não entrei porque já íamos de saída quando a Eva pediu mama e daí que a dei no carro mas futuramente irei experimentar.

Mas por curiosidade fui pesquisar e diz assim no site: 
En El Faro encontrará 2 salas de lactancia completamente acondicionadas y equipadas: cambiadores, calienta biberones, microondas... Estas salas han sido creadas para que usted disfrute de un espacio confortable en el que atender las necesidades de higiene y alimentación de su bebé.



Traduzindo à laia de Portuguesa que nada percebe de espanhol (juro que não usei o Google Tradutor): No El Faro encontrará 2 salas de amamentação completamente condicionadas e equipadas: muda-fraldas, aquecedores de biberões, microondas... Estas salas foram criadas para que possa desfrutar de um espaço confortável, no qual possa atender às necessidades de higiene e alimentação do seu bebé.

Deixo um exemplo das que encontrei na net. Engraçado que em português não se encontram imagens de Salas de Amamentação como as que apresento de seguida apesar de numa pesquisa que fiz ter-me apercebido que existem no CC Vasco da Gama, Colombo, Freeport, etc...






(Todas as imagens da Web)



Compras e mais compras...

Fomos os 3 às compras a Espanha e trouxemos muitas coisas para ti a uns preços bestiais!

E finalmente consegui comprar calças para mim! Pena que sejam 2 n.ºs acima do que eu vestia... Estas ancas, estas ancas... Isto tem de ir ao lugar!







Já tens um igual que te deram agora no Natal mas gostámos tanto dele e é tão quentinho que comprámos um maior :)



Comprámos também mais babetes mas foram logo a lavar pois tinha-me esquecido de levar de casa e lá dei-te mama e sujámo-los!


E o teu fato de Carnaval! Uma bruxinha :D Acho que te vai cair que nem ginjas! AHAHAHAHAH


Acho que já to podia vestir... É que estás com uma birraaaaaa...........





















quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Revisão pós-parto

Ainda não tinha falado nisso!

Correu tudo bem, depois de vista e revista estou novissima q.b. e pronta para outra... 

(Epah........)


Viemos com ordem para namorar e com o ego cá em cima pois o GO diz que nunca se irá esquecer de mim!!! Que fui uma heroína no que toca a partos complicados, demorados e... dolorosos ao ponto de querer cometer loucuras e urrar que nem um animal a noite toda!




Realmente, filha, ao fim deste tempo e de já te ter namorado, mirado, trincado, passado a pente fino de alto a baixo, posso dizer-te que me custou ter-te com'ó caraças!!!! Chiça!!! Acho que ainda nem pensei muito no assunto para não gastar dinheiro em psiquiatras...

Mas valeu cada segundo!

És perfeita!










Ainda as prendas de Natal...

Faltavam estas, filha!!!


Da A. e da filhota L.


Da A. do café!


Da V.


Da colega do pai :)



Tu dormires, dormes mas... Lá de longe a longe!

Isto é assim:

Não dormes nada e entras em colapso ao fim de 5 dias... Depois entras em coma profundo durante 2 dias e meio para depois não dormir nada outra vez para entrares novamente em colapso e...

O ciclo repete-se!

E nós ficamos assim a modos que...


(Imagem da Web)



Sob hipnose!






terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Falai no diabo e...

Aparecem as visitas...

Pena que venham com as botas todas sujas e acabem por lambuzar a carpete da sala - peluda e cinza clara - com merdelim de cão... 

No fim tentem limpar as botas com as tuas toalhitas de rosto - carissimas!!!

Haja paciência...

Filha, anda cá que a mãe dá maminha!

(Tu também me dás colinho... É que hoje estou que nem posso!)

Já mantemos conversas interessantes!


Eva *ao colo do pai* - AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH (choro)

Pai - AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

*Olhos arregalados da pequena a olhar para o pai*



Eva *na caminha dela* - GULÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ

Pai - Então? Já não é o Blhé?!

Eva *enquanto faz burrinho velho* - UFFGH UFFGH UFFGH



Eva - AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH (choro)

Mãe *apontando para um boneco na parede ao qual lhe deu o nome Barney (em homenagem ao Barney do How I Met Your Mother)* - Olha o Barney!!!

Eva *enquanto faz burrinho velho* - UFFGH UFFGH UFFGH - e ri-se!



segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Ora... Onde andam elas?


Agora que sabemos cuidar de ti... Que conseguimos conciliar as tuas coisas e as de casa. Que nos conseguimos organizar de forma a tomar banho, comer, vestir, tratar de ti e sair de casa em meia hora. Que mudamos fraldas como mudamos de cuecas e boxers. Que te despachas da minha mama em pouco mais de 15minutos. Que sabemos de cor os teus choros e decifrá-los sem "bebécionário". Que colocamos o ovo no carro sem manual de instruções. Que biberões e tetinas, mamas, soutiens de amamentação, esterilizações e mamilos não são bichos de sete cabeças. Logo agora que sabemos que tamanhos usas sem abrir os olhos ou ver etiquetas. Que se a roupa fica apertada é sinal que cresceste e precisa de ser posta de parte. Que se ficar grande podemos calçar-te umas meias mais grossas. Que sabemos que choras só porque te apetece e não porque possas estar doente. Que sei que o meu leite é bom mesmo que guinches no fim de teres mamado. Que esses guinchos é a pedir chucha. Que depois já não a queres. Que sabemos que se não fizeres cocó 3 dias que o fazes ao 4.º e não te queixas. Que as cólicas eram derivadas da Coca-cola fresquinha que eu deixei de beber. Que se quiseres dormes, se não quiseres não dormes. Que o mundo não acaba se estiveres com a mesma fralda 6 horas. Que nunca ninguém morreu à fome com as mamas à frente a jorrar leite. Que se não fizeste chichi em 3 horas foi porque não te apeteceu e apetecer-te-á no segundo em que te tirar a fralda suja e te colocar a nova. Que se a chucha cair e eu a chupar e ta der, tu não notas a diferença nem ninguém viu. Que nem tudo precisa de ser esterilizado. Que não precisamos de te abafar até ao nariz para estares quente. Que até nem gostas. Que banhos na nossa banheira te são mais agradáveis e para nós mais rápidos. Que se usares diferentes cremes, toalhitas e coisas dessas menos probabilidade de alergias tens. Que não seremos fuzilados se lavarmos a tua roupa com a nossa na máquina. Que dormir no nosso meio é saudável se estivermos caídos de sono e tu chorares na tua cama. Que basta o nosso colo e uma série de beijos para te acalmares. Que és nossa e te conhecemos tão bem.

Onde andam as visitas para mandar bitaites, hum?!

Ah... Só nos primeiros dias é que valia?

Já me podem visitar! Já tenho tempo para conversar convosco!

Cambada de meninos!


Gaba-te, cesto...

Depois de duas noites em que parecias em coma de tanto dormir e das quais te gabámos imeeeeeeeeenso, toma lá uma noite em claro para ver se se tornam mais comedidos quanto aos elogios! E logo de Domingo para Segunda que é para começarem bem a semana!

São 9h da manhã e tu ali, feliz da vida, a dormir o teu sono de beleza...

Se eu fosse uma má mãe acordava-te para veres o que era bom para a tosse! E quando estivesses quase a adormecer outra vez, dava um gritinho como tu fazes às 4 da manhã. E se tentasses dormitar mais um bocadinho, desatava a chorar e a rir ao mesmo tempo como se fosse bipolar!

Tortura do sono...

Chiça!!!

Mas depois sorris enquanto mudamos a fralda meio taralhocos e... Quem precisa de dormir??? Isso é para os fracos!

---------------------

E agora perguntam-me: "E porque não aproveitas que ela dorme e dormitas também?"

Ahhh isso é para quem não tem um vizinho de cima cujo cão ladra até ao vento que passa e um outro que está em obras de segunda a domingo com um martelo pneumático! E não posso dormir de tampões, claro está!

Quem disse que as aldeias eram calmas?



Doem-me os olhos até à alma!


(Imagem da Web)








quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Por vezes há que quebrar regras :)

E nada como um bom banho na banheira dos crescidos com o teu melhor amigo :)

Tu ficas maravilhada pois esta dá para boiar...

O pai apoia os teus ombros e cabeça nas suas mãos e tu ali ficas com os pézitos a dar a dar :)

E eu verde de inveja pois sou a que fica encarregue de te lavar, esfregar, limpar e vestir sob pressão de um enorme berreiro!



Depois de uma noite em claro...

Estas são as nossas caras...


A minha


E a do teu pai...



quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

O tapete de actividades...

Já parece ser útil!




E para mim são uns minutinhos preciosos em que posso finalmente ir à wc...

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

O teu primeiro amor platónico...


É este gajo aqui...



Passas um dia inteiro a olhar para ele, sorrindo, abanando os braços.

Não me preocupo muito com esta relação pois vocês estão a uma distância considerável mas já o avisei... 

Partes o coração à miúda e troco-te por um candeeiro daqueles antigos, cheio de berloques de vidro pendurados e que são dificeis de limpar!



O BLHÉÉÉÉÉ

Ou 'Lhé...

O teu pai já te perguntou várias vezes quem seria o Blhé mas tu teimas apenas em chamá-lo a plenos pulmões:


"LHÉÉÉÉÉÉÉ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!"

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Tu e a chucha!

Tu e a chucha, a chucha e tu, têm uma relação um pouco conturbada...

Podias amá-la mas não... Podias tentar até estabelecer um relacionamento de dependência com ela - e aí até fico feliz que assim o não seja - mas tal não acontece. A tua relação com ela é de mero interesse e quando já não a queres simplesmente cospe-la sem qualquer pejo. Sem pensar duas vezes. Quando tens cólicas e já nem o nosso colo te conforta, uma gota - apenas uma - de Aero-Om, espalhada na chucha fazem milagres. Mas eis que quando já não se apresenta adocicada na tua boca, tu tira-la e recomeça o choro. Tentamos sossegar-te com a "cachucha" - já sem gota - e tu, timidamente pões a ponta da lingua de fora para testares o sabor da dita. Não está doce. Fechas a boca com um enorme beicinho!

Porém, uns minutos depois, lembras-te que ela existe e choras com falta do seu aconchego. Colocamo-la na tua boca e tu, numa enorme revolta - sem sabermos bem se efectivamente sentias falta dela ou não - ralhas como se não houvesse amanhã.

E foi uma revolta dessas que ontem gravámos para mais tarde recordar.

Um "góia-góia" triste e desiludido com as amarguras da tua vida!

Uma delícia da qual iremos sentir imensa falta quando tiveres 18 anos e souberes argumentar...








domingo, 13 de janeiro de 2013

E é doce, o sabor!


Amor, paciência e persistência!



E finalmente conseguimos encaixar, filha! 






sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Mais prendas :)

A prima J. e a tia O. enviaram-te estes lindos casacos!!!




Este dá para virar do avesso e fica azul escuro aos quadrados


E este tem um interior tão quentinho em pelinho que se houvesse para mim até eu gostava de um assim :)

Obrigada J e tia!!!



quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Corre, tempo, corre...

O tempo tem sido escasso e tu mal me deixas vir aqui contar novidades! Se não actualizo o teu cantinho para mais tarde o poderes ler, é porque te tenho constantemente ao colo a pedir atenção!

Estás uma menina mimadona, risonha, linda. Tens as tuas birras, claro mas são fáceis de resolver - alguns dias... 

De noites em claro ninguém se livra, de toneladas de sono e cansaço também não mas a paciência dá os seus frutos e vamos arranjá-la não sei onde para te dar pela 54667445642147829ª vez a chucha que resolves cuspir pela 54667445642147830ª vez às 3 da manhã. Depois de a cuspires, ris-te e nós damos conta que somos uns pais babados quando retribuímos o sorriso com imensa satisfação! Também é algo jeitoso o facto de passares dois dias sem fazer cocó e resolveres borrar tudo de madrugada depois de te termos dado o leitinho e te termos mudado a fralda não havia 5 minutos. De berrares desalmadamente 3segundos e de seguida rires como se não houvesse amanhã deixando-me a pensar que há ali um qualquer distúrbio bipolar... Mas no fundo, mesmo no fundo sei que não passa de uma forma de chamares a nossa atenção porque só nos queres perder de vista se estiveres a dormir e mesmo assim há manhãs em que dormes comigo super satisfeita! E eu realizada fico porque nada nesta vida paga a sensação de te ter aninhada em mim, protegida, amada! Melhor mesmo, se as sonecas forem a 3 :)

Conclusão és uma gorda mimada!

----------------------------------------

Hoje foi dia de pesagem. A semana passada tinhas 4420g e esta semana contas com 4540g e 53cm :) Finalmente voltámos à maminha e ontem consegui reduzir o leite artificial a apenas uma refeição tua. Hoje só tens mamado mas mamado directamente da maminha. Estou super feliz por estarmos a conseguir :) O MF deu os parabéns à mamã por não desistir da mamoca e ter insistido nos 12 dias de antibiótico, tirando religiosamente leite de 3 em 3h para estimular a produção do leite. Agora mesmo que durmas muito tempo, tiro leite à bomba para não ter nenhuma mastite novamente. Não quero passar pelo mesmo! E não fosse a abençoada manteiga de cacau acho que ainda estaria aflita.

(Imagem da Web)


Tirando as noites de rebuliço, tiveste duas noites santas! Numa dormiste 6h de seguida e outra 5h e pouco! Soube a céu e acredita que a tua mãe acordou com a baba a escorrer de tão bem que estava, apesar de ter acordado um par de vezes e numa delas ter tirado até leite. Mas dares uma ou duas noites boas sempre ajuda a aguentar os dias e noites seguintes! O ânimo é outro e sentimo-nos super mamãs!

Mas as coisas para o meu lado continuam ainda um pouco atrapalhadas. Ao ponto de hoje levar-te à consulta com a camisola do avesso e com o cabelo desalinhado. Espero que nos próximos tempos consiga pelo menos aparar as sobrancelhas e tirar o buço...

Amanhã é dia de revisão pós-parto e gostava que o GO tirasse aqui um ponto que ainda teima em me chatear e desse luz verde para que eu e o teu pai possamos namorar :) Sim, porque tenho saudades do papá :)

E pronto já me estás a chamar!