sábado, 9 de fevereiro de 2013

Prendas presentes!

Umas amigas de um trabalho que a mãe teve, vieram visitar-nos.

Há mais de 2 anos que não as via mas são pessoas com quem mantenho contacto regularmente.

Quando vim viver para a aldeia com o teu pai, não havia trabalho. Estive desempregada 5 meses e desesperei. Até que apareceu a oportunidade de trabalhar numa fábrica onde, sazonalmente, retiram os talos dos pimentos e as sementes, lavando-os, de seguida conservando-os em sal e transportando-os para vários pontos do país.

Ora eu vinha de um emprego numa empresa conceituada em que tinha de andar toda arranjada. Sapato de salto alto, fatinho, maquilhada... Calças de ganga eram algo do outro mundo. Daqueles empregos em que todos passam por cima de todos para alcançar nada ou coisa nenhuma. As pessoas fazem-no sem saber que estão a correr no mesmo sítio, como se estivessem numa passadeira de ginásio... Adiante...

O teu pai pensava que eu não ia aguentar. Aliás, acho que todos pensaram que eu não ia aguentar...

Aguentei! E AMEI!

Trabalhei semanas seguidas sem uma folga, das 6 da manhã às 8 da noite. Andava tão feliz e acredita que faria aquilo para o resto da vida - se tivesse 1 dia de folga pelo menos e trabalhasse apenas 8h diárias. Só faltei uma manhã em que acordei a ver tudo à roda. Estava a entrar em exaustão AHAHAHAH mas à tarde estava novamente lá, de avental, botas de borracha, luvas grossas para não me cortar.

Acho que foi o único trabalho que gostei de verdade dos - 14? 15? - que já tive desde que comecei a trabalhar na adolescência. E já fiz de tanta coisa! Podem parecer muitos mas trabalhei muitas vezes só durante as férias e por isso é normal que o currículo seja vasto.

Bom isto tudo para te dizer que estas amigas conheci-as lá. Almoçávamos juntas. Trabalhávamos em frente umas das outras e criou-se ali uma amizade engraçada.

E a visita delas trouxe umas boas gargalhadas, relembrar de coisas que aconteceram no trabalho, troca de experiências e claro uma prenda muito querida que te trouxeram!






8 comentários:

Níxia disse...

Ás vezes a vida traz-nos descobertas fantásticas sobre nós próprias! ;) é bom ler um bocadinho mãos sobre ti ;)

Pobre(o)Tanas disse...

Na vida temos surpresas destas, não é? Pensamos que não conseguimos e no fim... :D Obrigada pelo carinho, Nixia :) Beijinhos e bom fim de semana!

Níxia disse...

;) ihihih
Respondendo ao teu comentário lá no canto.. não é nada que não me esteja a passar pela cabeça.. mas acho extremamente improvável que esteja a chocar um ovo no forno.. ;)

Pobre(o)Tanas disse...

Improvável porque? Ora, ora! Basta acontecer LOOOOL E as napolitanas a meio da noite... Hum...

Níxia disse...

Maria PobreOtanas tu ganha juizo!! Lá que está atrasado é verdade, lá que tenho alguns sintomas, tb é verdade... lá que o teste deu negativo, tb é verdade!!!! ;)

Pobre(o)Tanas disse...

Pode ser cedo :D

Níxia disse...

não, não e não!!!! Juízo! Olha que ainda desenvolvo uma gravidez psicologica à tua custa!!! ahahah

Pobre(o)Tanas disse...

Aiii isso é que não! Já me calei!!!