quarta-feira, 29 de maio de 2013

1.º dia de creche!


(Imagem da Web)


Felizmente que és daquelas crianças que na rua te portas totalmente diferente do que te portas em casa...

(O que nos faz passar por mentirosos)

Pois bem, adoraste o teu primeiro dia (manhã) de escolinha...

E pasme-se quem lê isto:

Comeste a sopa toda (duas conchas bem cheias) e a fruta! Devagarinho mas comeste.

"É uma criança de bastante alimento" - dizem de ti.

As minhas mamocas que o digam!

Não dormiste mas nem birras houveram...

E melhor ainda, vieste mais faladora do que és:

"TÉ TÉ TÁ"

"TÉ TÉ TÁ"

Para acabar o dia em beleza, um cocó bem grande ;)

Oh filha quem me dera que todos os dias assim fossem...

Nem me importava de passar a noite terrível que passámos, contigo a querer conversa das 3 às 6 da manhã, todos os dias!

Bom... Dia sim, dia não...

Vá, 3 vezes por semana!

-------------------------------------------------


Ao pai, custou-lhe imenso deixar-te. Disse que era uma sensação de abandono muito grande.

Do que me livrei ;)







10 comentários:

Orquídea disse...

mas ainda bem que ela se porta bem :) assim sabes que está bem entregue e que se porta bem com as educadoras :)

Moa disse...

Deve custar tanto deixá-los pela primeira vez na creche!

Katy disse...

hehehe, o meu sobrinho é igual, porta-se lindamente na creche mas em casa é um terror :P

ainda bem que ela gostou, assim não vos custa tanto! E é ótimo para ela!

Leonor disse...

eheheh, que sorte que tiveste :)
eu chorei no 1º dia que deixei a minha na creche :)
Beijocas

Pobre(o)Tanas disse...

Custa sempre um bocado (mesmo que não sejamos nós a deixar) mas como não temos alternativas... Tem de ser...

Nany disse...

Custa muito deixá-los na creche, eu ainda não me refiz a 100% e o mais velho já tem 6 anos. Que querem, quando ele me diz "quero a minha mamã" e fica com ar triste parte-e-me o coração.
Bjks e tudo a correr bem

Pobre(o)Tanas disse...

Nany, acho que aos poucos... Mas sim, quando são maiores e eles próprios não querem e choram, deve ser doloroso para qualquer pai :S Força!

amigos das onze horas disse...

cá em casa é igual!A hora da muda da fralda é uma luta!Contorce-se todo, chora, faz uma birra descomunal. Um dia destes fui buscá-lo ao infantário e a educadora disse que ele tinha feito cócó e que ia trocá-lo num instante. E eu disse que agora era muito dificil trocá-lo e lá enumerei as coisas que ele fazia. Ela olhava para mim como se eu tivesse a falar chinês. E de facto testemunhei a figura do pequenatas. Pois a educadora baixou-lhe as calçinhas, levantou-lhe as pernocas e toca a meter a fralda!E isto tudo na paz do senhor!!

Pobre(o)Tanas disse...

Ahahahahhahahah, Amigos das onze, MUITO BOOOOOM!!! Eles têm esta capacidade de nos surpreender e portarem-se bem melhor com os outros que connosco!

Beijocas

Gaiatas disse...

Sem dúvida, com os outros são uns santos!!
Vês, na escolinha come tudo sem refilar!! :D
A Pinguinha em casa refila com a sopa, não come os legumes à mostra, e na escola come "os verdes" todos, sem refilar!
Manias!

Que continue assim :)*