terça-feira, 25 de junho de 2013

Estes dias...

Tem sido uma correria...

Agora que terminámos a fase das constipações - com uma ida ao hospital pelo meio - e estamos a dormir bem (os 3) vamos partir para outra etapa também ela cheia de correrias e quiçá uma perda de peso para a mãe: MUDANÇAS :D

Hoje, finalmente, começamos a levar as caixas e caixotes para a casa nova. Os contratos de água, luz, tv começam a ser mudados e podemos finalmente ver-nos livres da casa velha, dos vizinhos barulhentos e do seu cão que ladra a noite toda.

Prometemos que assim que as coisas acalmarem, retomaremos a nossa escrita, até lá vamos visitando os vossos cantinhos e sempre que possamos, deixar um beijinho.

Até já! :)

(Imagem da Web)






domingo, 16 de junho de 2013

sábado, 15 de junho de 2013

Desabafo... (e as algumas melhoras)


Não querendo atirar foguetes antes da festa, esta foi uma noite pacífica! Comeu a sopa toda ao jantar, tomou um belo banho e caminha. Acordou uma ou duas vezes até às 5 e meia porque perdeu a chucha e estava quente. Tomou novo ben-u-ron e dormitou até às 9 e meia! Comparada com as outras noites anteriores foi, sem dúvida, descansada! E acredito que tal como nós também ela precisava.

Porém não foram só as melhoras da minha filha que me fizeram vir aqui escrever. Vim porque precisava mesmo de "exorcizar" o que aconteceu ontem, que mostra bem o quão as pessoas são metidas e mal educadas.

Normalmente tento levar as coisas na boa mas ontem caiu-me mal. Caiu mesmo e nem foi pela atitude em si foi pela "fuga do rabo à seringa". E passo a explicar:

Viver numa aldeia tem muitos prós mas tem um contra que me faz bufar qual gato. E o contra é toda a gente querer saber de toda a gente mesmo quem não conhece. Como nunca nada se passa por cá normalmente temos a porta destrancada. Claro que como vivemos em cidade há uns anos são mais as vezes que está trancada por hábito mas ontem não trancámos. Mas também sabemos que existe educação e ninguém mete a mão à porta assim do nada. Pelo menos era o que pensávamos...

Estava a aspirar a Eva no quarto, na nossa cama. Ela chorava imenso porque detesta e eu tentava acalmá-la.  O pai estava na cozinha a preparar qualquer coisa e batem à porta. É que nem esperaram que o meu homem fosse abrir. A ave rara abre-a e enquanto entra (enquanto entra!!!!) pergunta se pode. O meu homem encolhe os ombros do género "Já cá estás..." e ouve a pergunta da praxe: "Ah a Eva??" e diz-lhe "A menina está doente e com febre no quarto por isso..." como quem diz "Vai lá à tua vida que agora estamos num momento complicado". Pois que a ave rara entra-me pelo quarto dentro (eu em soutien e cuecas), senta-se na nossa cama (algo super intimo para alguém com roupa da rua sentar-se assim...) e dá um beijo à minha filha que coitadinha não bastava já estar doente como estava ainda leva beijos de quem nem consideramos amiga, apenas conhecida.

Ia-me caindo tudo! Não bastando isto, o que mais me custou foi pensar que podia ali ficar a ver, depois como lhe meteu nojo a aspiração da ranhoca, levantou tenda e com um "Se precisares de alguma coisa diz!" e ala que é cardoso! Boa se precisar de alguma coisa digo? Não aguenta com duas chupadelas de ranhoca e se eu precisar para dizer? Dizer o que?

Incomoda-me profundamente o descaramento desta gente a entrar-me pela casa dentro, sermos apanhados de surpresa e nada dizermos e ainda virem aqui só METER O BEDELHO para andar aí a espalhar pela aldeia que a criança está doente, que ambas estamos doentes. E incomoda-me também saber que só vieram cá a casa porque a ouviram chorar da rua. Eu acredito piamente que devem pensar que não sei cuidar da minha cria! Juro! As pessoas pensam que como não temos pais por trás de nós para lhe entregarmos a miuda e irmos bater perna para a farra, que só podemos contar um com o outro, que somos alguma espécie de irresponsáveis.

Se fizemos um filho é para tomar conta dele. Não a delego a ninguém. A responsabilidade é apenas e somente nossa.

Mas doi. Doi porque me senti exposta. E doi ainda mais não ter conseguido dizer nada...

Doi pensar que julgam que ela chora porque a pendurei de cabeça para baixo e lhe estou a bater com um pau a ver se sai algum rebuçado, tipo piñata...

Estas mentes metem nojo!


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Nada fácil...


Pedindo desculpa pela ausência nos vossos cantinhos e no nosso, informamos que estamos super constipadas :(

Eu melhor, a Eva nem por isso e ontem a febre deu um "Oi" à nossa foquinha. 

É horrivel vê-la assim. 

Agora que eu estou melhor já consigo levar isto com mais calma mas era ver-me tão ou mais doente que ela e nem conseguir levantar a cabeça para fazer o que fosse deixando tudo para o GRANDE pai/marido! 

Nem sei o que seria de nós sem ele...

Felizmente que os aerossóis que fiz ontem me deram resultado. A ela nem tanto... :S Mas perante tudo isto posso garantir que temos uma filhota que mesmo doente consegue rir e sorrir, andar minimamente bem disposta. Só não gosta de ser aspirada e que usemos o rhinomer mas mediante o resto acho até que chora pouco e refila bem menos, a minha filha!

Assim que estiver mais calmo viremos postar novidades.


(Imagem da Web)





sexta-feira, 7 de junho de 2013

Pediatra aos 6 meses e 4 dias


Uma chuva e trovoada torrenciais que mais parecia o Fim do Mundo depois de um dia de trabalho daqueles...

Têm a certeza que estamos em Junho?

Adiante...

7,150g, 65,5cm... "Uma top model"- diz o médico à luz do candeeiro a pilhas pois com a trovoada faltou a luz... O Dr. diz ainda que tens um percurso de peso/altura extraordinário por serem muito certinhos e os ideais. Nem 8 nem 80 :) Que estás "excelente!" :)

Já podes começar a comer iogurtes e borrego na sopa - já comes frango há uns dias e gostas muito.

Farás duas refeições de sopa, uma ao almoço e outra ao jantar para ver se vais de barriga cheia e nos deixas dormir, já que a papa não é contigo, comes sopa duas vezes... A maminha dou de manha e ao fim da tarde quando chegarmos a casa até à última refeição de colher da noite e a partir daí ele sugeriu dar biberão para testar e não ficares a pensar na mama, só para ver se a tua agitação nocturna vem do miminho.

Por falar em dormir, há semanas que não sabemos o que é dormir 1h e meia ou 2h seguidas. Temos dias de acordar 3 vezes num espaço de hora e meia e a sensação é a mesma que levar com uma tábua cheia de pregos na nuca e um marrão na testa logo de seguida. Mas o certo é que durante o dia até nem ando com sono. Porém sei que mais dia, menos dia e com a quantidade de trabalho que temos tido entraremos em colapso e quando eu entro em colapso vou à cama e o teu pai fica com enxaquecas daquelas de nem abrir os olhos e isso não quero... Por isso, Sodona Eva vê lá se nos deixas dormir, filha!

De resto não abusar na banana por causa dos cocós e nem na cenoura. Um bocadinho de óleo na cabecita por causa da pouca crosta láctea que ainda tens mas que mal se nota e por-te mais tempo sentada para não seres tão preguiçosa.

Um beijo e um queijo e dá cá o valor de 3 dias de trabalho da mãe...

Agora só daqui a 3 meses ;)

------------------------------------------------


E.............. Fim de semana prolongado!!!


Lembranças de coleguinhas...


Então mas tu andas na escolinha há meia dúzia de dias e já recebes miminhos de aniversário dos coleguinhas rapazes???


MAU!!!!!!!


(Imagem da Web)




quinta-feira, 6 de junho de 2013

Hoje é o dia dos papás :)


Hoje fazemos 4 anos juntos.

E contigo aqui connosco como prova que o amor quando é dividido tem muito mais sentido, traz muito mais felicidade e lá está, multiplica-se!

Ao meu companheiro de vida para a vida :)

A ti, filha, que és fruto de todo este sentimento que nutrimos um pelo outro que sem ser lamechas é verdadeiro e que com tanta naturalidade e cumplicidade entre nós as coisas fluem de maneira tão transparente :)

Amo-vos muito!

Daft Punk - Something About Us




quarta-feira, 5 de junho de 2013

Dia de vacinas


Mais umas picas hoje!

E portaste-te lindamente, filha!

Agora só daqui a 6 meses...

E a tarde foi nossa! Tu tiraste uma bela soneca e eu consegui dar um jeito à casa pois com tanto caixote, caixa e caixinha confesso que começo com tiques e comportamentos obsessivo-compulsivos!


(Imagem da Web)


Sexta é dia de pediatra... Vamos a ver o que ele nos diz...





Um grande lutador...


O Rodrigo lutou. Lutou muito. 

Suportou o que nenhuma criança deveria suportar, por ser um peso imenso.

Infelizmente perdeu a batalha.

Descança em paz, Rodrigo. Descansa.




Muita força a esta família.

Que Deus lhes conceda a luz que necessitam para caminhar na escuridão da dor.








segunda-feira, 3 de junho de 2013

Há 26 anos atrás...



A mamã ao colo da tia A.P. :)

As prendas dos papás do dia da Criança :)


Uma t-shirt e uma camisola verdes e um livro de pano giro, giro que tu adoraste :)



6 meses!


Oh... Seis meses...

Meio ano de vida, filha!

Quando é que o tempo carregou no acelerador que não vi???




E tu estás tão linda, grande, querida...

A nossa princesa.

O nosso amor GRANDE mais pequenino :)












sábado, 1 de junho de 2013

Dia da Criança - Agora contigo aqui connosco :)


Faz hoje um ano que te senti pela primeira vez, filha... 

Uma sensação e prenda deliciosas num dia dedicado a vós, crianças :)

Um ano depois estás ali na tua caminha a dormir a sesta depois de uma bela sopinha :)


(Imagem da Web)


Feliz dia, filha.

Feliz dia para todas as crianças deste Mundo :)