quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Amo-te



Amor, aquela coisa boa que nos aquece o coração mal acordamos e damos de caras com uma cabecita cheia de caracóis encostada à tua, um cheirinho bom a bebé grande, uma boquita entreaberta cheia de dentinhos brancos e certinhos que emana um cheiro doce a leite.

Oh... Vais crescer e isto tudo ficará guardado cá dentro. Vais crescer e não querer encostar a tua cabeça à minha enquanto contamos os dedos das mãos entre cócegas e galhofa...


As histórias dos livros serão outras... Vais crescer... Oh vais mesmo... E eu cá estarei para abraçar a mulher que quiseres ser


Amo-te, Eva!

(Imagem da Web)


Sem comentários: